quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Solidão

A solidão é traiçoeira, engana-se quem pensa que ela tem a ver com a falta do amor. Pelo contrário, a solidão é o excesso de amor, é amar tanto, mas tanto, que quase chega a doer. Solidão é um estado de espirito. Muitas vezes evoca-se o clichê de que mesmo com tantas pessoas ao redor a solidão ainda se faz presente, pode ser clichê, mas é a pura verdade. Solidão machuca, envenena...
Solidão é a falta de confiança em si próprio e nos outros.
Solidão é acordar, dormir, e nem perceber.
Solidão é o silêncio, mesmo quando se quer gritar.

Um comentário:

Narla R disse...

Tu tá mais que certa, escreve muito. Belo blog guria.